Limite do MEI: saiba qual é e como calculá-lo!

Neste artigo você vai ver:

Qual E O Limite Blog - ERJ Assessoria Contábil e Tributaria

Tudo o que você precisa saber sobre o limite do MEI

 Tenha todas as informações necessárias sobre o limite do MEI para não ter problemas com o enquadramento nessa categoria.

Se você é um Microempreendedor ou está pensando em virar um, saiba que é extremamente importante conhecer o limite do MEI, para realizar a sua declaração de imposto de renda corretamente, cumprindo assim, com todas as exigências da Receita Federal. 

Além da declaração de IR, ao conhecer o limite do MEI, os microempreendedores podem se livrar de muitos outros incômodos e dores de cabeça, quanto a tributação, fiscalização e até mesmo processos judiciais. 

Por isso, destacamos a importância de saber exatamente quanto se ganha, para ficar dentro dos critérios exigidos para ser MEI e continuar sendo tributado corretamente. 

Quer ajuda para abrir uma empresa ou ter um CNPJ?

A ERJ pode ajudar você na abertura de sua empresa, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.

Sendo assim, trouxemos um conteúdo que vai te ajudar a entender corretamente qual é o limite do MEI e as demais informações que rondam esse formato de trabalho. Confira! 

O que é MEI?

Primeiramente, vale a pena entender o que é MEI, o Microempreendedor Individual. 

A modalidade foi criada em 2008 pela Lei Complementar n°128, com o principal objetivo de formalizar certas atividades específicas não regulamentadas. 

Assim sendo, muitos profissionais que antes atuavam de modo informal, passaram a exercer suas funções dentro da formalidade, reconhecidos pela legislação e assegurados pela previdência social. 

Através do MEI, esses profissionais passaram a ter CNPJ, puderam emitir notas fiscais eletrônicas, contar com direitos previdenciários como auxílio-doença e licença maternidade e ainda contar com uma carga tributária bem menor, se enquadrando no Simples Nacional. 

Além disso, o MEI conta com um modelo de tributação simplificado, pagando todos os impostos em uma única guia de recolhimento mensal, chamada conhecida DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional). 

E os valores da DAS são fixos, com uma leve variação conforme a categoria do MEI enquadrada. 

Faturamento MEI: Limite anual

O faturamento máximo anual para um MEI até o momento é de R$ 81 mil de receita bruta por ano, ou, R$ 6.750 mensal.  Porém, existe uma proposta em tramitação, que prevê um aumento desse limite.

Além do aumento do teto, a proposta também pretende aumentar o número de funcionários permitidos para MEI, que até então é de 1 funcionário, para 2. 

Mas fique atento para não ultrapassar esse limite anual; caso contrário, será obrigado a se enquadrar em outra classificação, como microempresa (ME) com o teto de R$ 360 mil e empresa de pequeno porte (EPP), com teto máximo de R$ 4.8 milhões. 

Quais são os outros critérios para ser MEI?

Além do faturamento máximo anual, existem outros critérios específicos que o microempreendedor deve atender. O MEI não pode ter participação em outras empresas como sócio ou titular.

  • Não pode exceder o número máximo de UM funcionário registrado, que receba o salário-mínimo ou o piso da categoria;
  • É importante também que o microempreendedor não ultrapasse o limite máximo de compra de mercadorias com os fornecedores, de 80% do valor bruto de sua receita;
  • A área de atuação do MEI deve estar na lista oficial da categoria;
  • O microempreendedor deve ter a partir de 18 anos ou ser legalmente emancipado.

Quais atividades podem ser enquadradas?

Conforme falamos a pouco, existe uma lista oficial de atividades da categoria, para se enquadrar no MEI. Em suma, as atividades que englobam qualquer categoria de atividade que esteja ligada à indústria e ao comércio. 

Já no campo de serviços, a lista reduz bastante, ficando apenas os denominados serviços de natureza comum, que podem ser exercidos sem a necessidade de uma formação superior específica, como por exemplo, serviços de salão de beleza, lavanderia, lavação de automóveis, entre outros. 

Quais empresas não podem ser MEI?

Se, por um lado, temos uma lista de várias empresas que podem ser enquadradas como MEI, por outro temos empresas que não podem se enquadrar em hipótese alguma. Por isso, antes de buscar a formalização, é importante conferir a lista abaixo para garantir que não é o seu caso. Em suma, não pode ser MEI quem: 

  • É menor de idade ou não-emancipado; 
  • Estrangeiro com visto provisório;
  • Titular, sócio ou administrador de uma outra empresa;
  • Exerce atividade intelectual ou ainda sua CNAE não consta na lista de atividades permitidas para a classe; 
  • Possua renda bruta acima do limite do MEI;
  • Tem a necessidade de ter mais de 1 funcionário;
  • É servidor público federal em atividade.

Para facilitar ainda mais o entendimento, as profissões abaixo são as que não podem ser MEI: 

  • advogado;
  • administrador;
  • arquivista;
  • arquiteto;
  • contador;
  • dentista;
  • desenvolvedor;
  • dentista;
  • engenheiro;
  • médico;
  • veterinário; entre outras.

Como já mencionamos, é importante conferir a lista oficial da categoria a fim de garantir que sua atividade corresponde com os critérios exigidos. 

Como calcular o faturamento MEI?

Agora que você já sabe que o seu limite do MEI está dentro do aceitável pela classe e também descobriu que sua atividade está enquadrada. Vamos entender como fazer para calcular o seu faturamento. 

Para efetuar o cálculo do faturamento do MEI, é importante entender que o valor é proporcional ao tempo de abertura da empresa. Ou seja, se você esteve ativo por um ano inteiro, o seu limite do MEI é de R$ 81 mil. Agora, se você abriu apenas por 6 meses, o valor máximo não pode passar de R$ 40.500. 

Agora, tomando como base um ano completo de atividade, o cálculo do faturamento do MEI é a soma da renda bruta mensal, que não pode exceder o limite do MEI já mencionado. 

Conte com os serviços especializados da ERJ Account

Você entendeu como o fator do limite do MEI pode influenciar a sua jornada como microempreendedor? Esse entendimento serve tanto para quem ainda não abriu seu MEI quanto para quem já o fez, pois é essencial conhecer todos os detalhes que irão contribuir para  a gestão financeira do seu negócio. 

Entenda que não é porque você é um microempreendedor que precisa deixar de lado certos cuidados com a administração. Pelo contrário, você precisa estar ainda mais atento e prestar muito mais atenção nos detalhes, a fim de que sua empresa conquiste melhores resultados. 

Se quiser potencializar os resultados e ficar dentro da legalidade, você pode contar com o apoio especializado da ERJ Account.

Conosco, você terá toda a consultoria necessária para a melhor gestão possível do seu negócio, além do auxílio com questões de emissão de notas fiscais e apuração de tributos.

Portanto, entre em contato conosco o quanto antes!

CLIQUE AQUI PARA CONTAR COM OS NOSSOS SERVIÇOS ESPECIALIZADOS!

Classifique nosso post

Summary
Limite do MEI: saiba qual é e como calculá-lo!
Article Name
Limite do MEI: saiba qual é e como calculá-lo!
Description
Tudo o que você precisa saber sobre o limite do MEI. Continue a leitura conosco e esclareça suas dúvidas sobre o assunto!
Author
Publisher Name
EJPL SERVICOS ( ERJ )
Publisher Logo

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Cta Post.png - ERJ Assessoria Contábil e Tributaria

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Design Sem Nome 8  - ERJ Assessoria Contábil e Tributaria

Obrigações fiscais anuais da sua empresa

Obrigações fiscais anuais da sua empresa Em primeiro lugar, no Brasil, há determinadas obrigações fiscais anuais da sua empresa que você precisa se atentar. Entenda mais. Leia também: Uso de PIS e Cofins com novas regras Esqueceu de fazer o IR 2024? Fazemos sua contabilidade internacionalmente Independentemente do porte ou do regime tributário, todas as

Design Sem Nome 7  - ERJ Assessoria Contábil e Tributaria

Como funciona a contabilidade rural?

Como funciona a contabilidade rural? No Brasil, onde o setor primário da economia desempenha um papel crucial, então, entenda como funciona a contabilidade rural. Leia também: Uso de PIS e Cofins com novas regras Falta de contabilidade resulta em quê? Lavagem de dinheiro Ela emerge como uma ferramenta essencial para impulsionar o desenvolvimento agrícola, não

Design Sem Nome 6  - ERJ Assessoria Contábil e Tributaria

Falta de contabilidade é prejuízo financeiro

Falta de contabilidade é prejuízo financeiro Certamente, a contabilidade é a espinha dorsal de qualquer negócio bem-sucedido e, a falta de uma contabilidade eficiente é um prejuízo financeiro. Leia também: Uso de PIS e Cofins com novas regras Esqueceu de fazer o IR 2024? Fazemos sua contabilidade internacionalmente Isso porque sem uma gestão contábil eficiente,

Design Sem Nome 5  - ERJ Assessoria Contábil e Tributaria

Lavagem de dinheiro: como se prevenir?

Lavagem de dinheiro: como se prevenir? A lavagem de dinheiro é uma prática criminosa que envolve a transformação de recursos obtidos ilegalmente em ativos aparentemente legítimos, mas tem como se prevenir? Leia também: Uso de PIS e Cofins com novas regras Esqueceu de fazer o IR 2024? Fazemos sua contabilidade internacionalmente Certamente, no Brasil, o

Coletiva Desoneracao Mcamgo Abr 04062024 9 - ERJ Assessoria Contábil e Tributaria

Uso de PIS/Cofins para desoneração na Folha

Uso de PIS/Cofins para desoneração na Folha O Governo, nesta terça-feira (4), restringiu o uso de PIS/Cofins para desoneração na Folha de Pagamento. Essa medida foi implementada para compensar a perda de receitas decorrente do acordo que preservou a desoneração da folha de pagamento para 17 setores da economia e para pequenos municípios este ano.

Recomendado só para você
Encerrar empresa com dívidas: como fazer? Tenha todas as informações…
Cresta Posts Box by CP